EPS Encerra Ciclo de Palestras Educar para o Direito

O número crescente de jovens com idades situadas entre os 14 e os 19 anos com condutas contrárias à lei e, como consequência o aumento quer de processos Tutelares Educativos, quer de processos-crime, está na base da criação do Projeto Educar para o Direito, apresentado aos nossos alunos pela advogada Paula Varandas, no dia 7 de junho.


O objetivo deste projeto é divulgar, junto das escolas, quais as consequências das erradas atitudes/condutas dos jovens e que implicação legal poderão no seu futuro. Foram abordadas diversas temáticas como: violência entre namorados/violência doméstica; ofensa à integridade física; roubo; furto; injúrias; difamação; armas proibidas; droga; ciberbullying e a idade Penal (regime aplicável dos 12 aos 15 anos/ regime aplicável dos 16 aos 21 anos).

Este projeto tem o apoio institucional do "Fórum Justiça Independente", associação de juízes independentes e visa intervir junto dos alunos, através de exemplos práticos e reais sobre o que se passa nos tribunais atualmente, com as necessárias e benéficas consequências junto dos jovens.


Esta sessão contou com a participação e contributo do cantor Nelson Rosado, que sublinhou a importância de todos nós termos algumas noções de direito para tentar evitar essas condutas erradas.



6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo