top of page

Educar para o Direito: promoção e proteção dos direitos dos jovens

A Escola Profissional de Setúbal foi palco de uma sessão do Projeto Educar para o Direito, que nasceu face ao preocupante crescimento do fenómeno da delinquência juvenil e, consequentemente, ao aumento do número de jovens sujeitos a interrogatórios judiciais. Este projeto tem o Apoio Institucional do "Fórum Justiça Independente", associação de juízes Independentes e visa divulgar as consequências das más condutas dos jovens e as implicações no seu futuro.


A sessão foi dinamizada pela advogada Dra. Paula Varandas, que de uma forma muito clara, assertiva e através de exemplos práticos e reais abordou temas como violência no namoro, bullying, ciberbullying, droga, injúrias, ameaças, furto e roubo, elucidando os alunos sobre as matérias de natureza criminal em que podem incorrer os jovens dos 12 aos 21 anos


Esta sessão contou com a participação e contributo dos Anjos (Nelson Rosado e Sérgio Rosado), que sublinharam a importância de todos nós termos algumas noções de direito para tentar evitar essas condutas erradas. Alertaram ainda os jovens para a importância de distinguir o que é ficção, virtual e real.  


Foi uma sessão muito interativa e participada, tendo os alunos oportunidade de refletir sobre os temas debatidos.


10 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page